Banco Original realiza Hackathon e paga maior prêmio da história do evento no país

Foram 30 horas de desafio, 80 cabeças pensantes, milhões de neurônios trabalhando e dezenas de ideias brilhantes.  Esse foi o saldo do Hackathon do Banco Original, que aconteceu nos dias 2 e 3 de dezembro, em São Paulo, e pagou o maior prêmio de toda a história da competição no país, R$ 147 mil numa forma pra lá de original, a criptomoeda Bitcoin.

O evento, que teve como desafio criar soluções com inteligência artificial utilizando o open banking, premiou as três melhores soluções desenvolvidas em grupos e que melhor representaram a proposta inicial dada aos participantes, que era criar facilidades para o cliente.

Foram muitas as ideias apresentadas, mas apenas três foram premiadas.

O primeiro lugar apresentou um projeto de inteligência artificial voltado para a educação financeira das crianças. Denominado Origininhos, o aplicativo cognitivo ensina crianças e adolescentes a se relacionarem desde cedo com o sistema financeiro de forma lúdica e intuitiva.

A tecnologia é usada para controlar a mesada das crianças, de acordo com as tarefas domésticas realizadas, garantindo o ganho de “moedas virtuais”. Por meio deste aplicativo, os pais determinam diferentes atividades para os filhos, como arrumar o quarto, fazer a lição de casa ou lavar a louça, por exemplo. Na medida em que as tarefas vão sendo cumpridas, elas acumulam pontos que, ao final, garantem o depósito de uma mesada em uma conta digital do Banco Original, que pode ser utilizada com um cartão.

O aplicativo possui ainda inteligência para analisar o perfil dos novos movimentadores da conta corrente mirim e, à medida em que os pequenos usuários vão crescendo, eles vão recebendo dicas financeiras, de acordo com sua faixa etária, entendimento e movimentação financeira.

O segundo lugar ficou com o grupo que apresentou um aplicativo para a orientação de investimentos com criptomoedas, disponibilizando cotações, indicações e desempenho financeiro.

Já o terceiro lugar apresentou uma assistente virtual financeira, definida pelos criadores como equivalente à Siri, do iOS, que utiliza o chat para dar dicas sobre as melhores opções de aplicação, de acordo com o perfil e objetivo do correntista.

O primeiro lugar recebeu dois bitcoins de premiação (cerca de R$ 84 mil mil), o segundo um (aproximadamente R$ 42 mil) e o terceiro meio bitcoin (o equivalente a R$ 21 mil).

“Estamos muito satisfeitos com o nível dos projetos apresentados, pois conseguiremos, a partir de algumas soluções, criar outras e, quem sabe, implementar novas facilidades para melhorar o relacionamento do cliente com nossa plataforma digital.”, afirma Cláudia Woods, diretora de Varejo do Banco.

O Hackathon foi realizado pela plataforma Original Devs, iniciativa do Banco Original, que oferece diversos tipos de APIs (Interface de Programação de Aplicativos, em inglês) para os desenvolvedores e empresas de qualquer setor da economia.